Mengele

Mengele

Sinopse

A clássica biografia sobre o médico mais infame que a humanidade já conheceu. Chefe do serviço médico do campo de concentração de Auschwitz entre 1943 e 1945, Mengele usou prisioneiros como cobaias humanas em experimentos pseudocientíficos, com os quais buscava comprovar suas teses sobre a superioridade da raça ariana. O grande diferencial dessa obra sobre o Anjo da Morte de Auschwitz é que o único filho do médico nazista deu aos autores acesso irrestrito a mais de 5 mil páginas de diários, cartas e anotações particulares de seu pai, de 1945 até sua morte, em 1979, em Bertioga, no litoral paulista. Além disso, um dos autores – Gerald Posner – já havia reunido, no início dos anos 80, o maior arquivo particular de documentos e entrevistas sobre o Mengele. Escrito de forma ágil, tal como uma obra de jornalismo investigativo com um toque de novela policial, o livro traz uma narrativa arrebatadora sobre a vida de um dos fugitivos mais procurados da Segunda Guerra Mundial.

Autor

Gerald Leo Posner (nascido em 20 de maio de 1954) é um jornalista investigativo americano e autor de renome internacional, tendo escrito Hitlers Children, Case Closed: Lee Harvey Oswald and the Assassination of JFK (1993), Killing the Dream: James Earl Ray and the Assassination of Martin Luther King, Jr. (1998), e o best-Seller do New York Times Gods Bankers: A History of Money and Power at the Vatican. Em 2015, o Chicago Tribune o chamou de "investigador impiedoso como um pit bull". Posner mora em Miami e está trabalhando em seu próximo livro sobre a indústria farmacêutica.John Ware é jornalista, escritor e repórter investigativo britânico. Foi repórter do programa de documentários sobre assuntos públicos Panorama, da BBC, de 1986 a 2012, apresentando também os programas Rough Justice, Taking Liberties e Inside Story. Antes disso, trabalhou no The Sun, em Belfast, de 1974 a 1977, e em seguida, como pesquisador, no programa World in Action, da Granada/ITV, tornando- se produtor em 1981. Ele escreveu para o Sunday Telegraph, o Sunday Times, o Jewish Chronicle, o Guardian e para a revista Standpoint. Após a sua saída voluntária da BBC em 2012, Ware continuou prestando serviços de freelancer à emissora. Atualmente ele reside na área norte de Londres.